Devolver uma bola para o fielder elimina o rebatedor?

No críquete, a partir do momento em que a bola é liberada da mão do arremessador, nós dizemos que ela está em jogo, ou está viva. A bola se torna morta quando um evento (corrida marcada, dot ball ou tomada de wicket) tiver terminado nesse arremesso. Qualquer interrupção do rebatedor quando a bola está viva e no meio de um evento resulta na eliminação do rebatedor por “obstruir o campo”.

De acordo com a Lei 37.1 das Leis do Críquete do MCC, obstruir o campo ocorre por palavra ou ação do rebatedor. De acordo com a Lei 37.4, declara-se que o rebatedor está obstruindo o campo mesmo se ele devolver a bola (em jogo) para o fielder sem o consentimento dele. Para isso, o rebatedor pode usar seu bastão ou qualquer parte do corpo, e será declarado que ele está obstruindo o campo se ele fizer isso sem o consentimento do fielder.

Durante a Copa do Mundo U-19 de 2018, um rebatedor sul-africano defendeu uma bola que estava rolando na direção das estacas. Apesar da desaceleração da bola, o rebatedor a impediu com seu bastão, pegou a bola e a devolveu ao keeper. Os árbitros de campo consultaram uns aos outros e eventualmente foi decidido que o rebatedor estava fora por obstruir o campo, pois ele não obteve o consentimento do keeper para quem ele estava devolvendo a bola.

A maneira como o rebatedor foi eliminado agora é categorizada como “manuseio da bola”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Betano Brazil