O que é um tiro livre no críquete?

Um tiro livre no críquete é concedido ao lado rebatedor depois que um arremessador arremessa uma no-ball. Uma no-ball é um lançamento ilegal em que o arremessador pisa fora da crease no momento em que solta a bola ou quando arremessa de modo em que a bola é direcionada acima da cintura do rebatedor. Há muitas outras maneiras pelas quais um árbitro pode assinalar uma no-ball. Mas somente pelas regras supracitadas que um tiro livre é assinalado na maioria das vezes.

Regras

Antes de 2007, se uma no-ball era arremessada, o time rebatedor recebia uma corrida e o arremessador deveria arremessar aquele lançamento de novo. Em 2007, a regra do tiro livre foi introduzida. De acordo com ela, a bola seguinte a uma no-ball é chamada de tiro livre. Nesse lançamento, o rebatedor não pode ser eliminado a menos que ele ou ela perca por run out, obstrua o campo ou acerte a bola duas vezes. A configuração de campo no arremesso do tiro livre deve ser a mesma, a menos que o rebatedor tenha trocado de ponta no arremesso da no-ball. O rebatedor pode rebater com mais liberdade no lançamento do tiro livre, já que tecnicamente é uma bola morta em jogo.

Em 2015, um tiro livre era concedido até mesmo por um arremesso de no-ball que era arremessado acima da linha da cintura do rebatedor. O árbitro sinaliza uma no-ball apontando seu dedo indicador na direção do céu e movendo seu braço num movimento circular. Caso a bola do tiro livre também seja um wide ou uma no-ball, o tiro livre continua até que um lançamento legal seja feito. De modo geral, o tiro livre é uma vantagem para o lado rebatedor e a no-ball pode se provar cara para o lado defensor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *