Por que quicar fora da linha da perna não é um LBW?

O LBW, ou perna antes do wicket, é um dos métodos pelos quais o rebatedor pode ser eliminado no críquete. A base da regra dita que o rebatedor está fora se a bola acertar sua perna primeiro, de modo que ela poderia impedi-la de acertar as estacas. No entanto, essa regra não é tão objetiva quanto parece e ela tem uma história de mais de dois séculos.

Uma breve história

Até meados dos anos 1930, a regra do LBW ditava que o rebatedor podia ser eliminado por LBW apenas se a bola quicasse alinhada com as estacas. Então, independentemente de a bola poder ou não ter acertado as estacas, se ela quicasse fora da linha da estaca externa ou estaca da perna, o rebatedor não era eliminado. Essa regra permitia que o rebatedor simplesmente defletisse a bola de maneira defensiva se a bola não estivesse alinhada com as estacas. Para contornar essa regra, os arremessadores recorreram aos bouncers. Isso tornava difícil para o rebatedor executar corridas e sobreviver na crease. Sendo assim, em 1935, uma versão revisada do LBW entrou em vigor. De acordo com ela, se a bola quica fora da linha da estaca externa e acerta a caneleira estando em vias de acertar as estacas, o rebatedor é eliminado. No entanto, se a bola quica fora da linha da estaca da perna, o rebatedor não está fora. Essa regra sobrevive até hoje.

Algumas explicações foram propostas como motivo para o fato de a bola quicar fora da linha da perna num cenário de LBW não ser passível de eliminação. Primeiramente, um rebatedor, seja ele destro ou canhoto, tem uma variedade mais ampla de rebatidas que ele pode executar balançando seu taco do lado externo para o lado da perna do que ao contrário. Segundo, se o arremessador arremessa a bola pelo lado da perna, ele vai encarar a perna do rebatedor primeiro, não o taco em si. Isso contrasta com um cenário em que o arremessador arremessa pelo lado externo, em que ele encara o taco primeiro. O críquete é um jogo entre o taco e a bola, e por isso faz sentido que uma bola que quique fora da linha da estaca externa possa ser contada legalmente como uma eliminação por LBW. Além disso, um arremesso fora da linha da estaca da perna é chamado de linha negativa, porque isso dificulta para o rebatedor acertar a bola. 

Uma explicação técnica final que justifica essa regra pode se dar através da regra do ponto cego que qualquer um pode tentar em casa. Fique na sua posição de rebatida normal, diante do arremessador. Agora, sem mover a sua cabeça e seu pescoço, mova seus olhos na direção do lado externo. Isso é relativamente fácil, já que você certamente poderá identificar os fielders nessa área. Agora tente fazer o mesmo movendo os dois olhos na direção do lado da perna. Claramente, um não terá uma boa visão do campo e um ponto cego se desenvolverá. Sendo assim, se um arremessador for arremessar fora da linha da estaca da perna, tendo como meta um possível LBW, essa seria uma regra altamente parcial a favor do arremessador.

As explicações acima justificam a regra moderna. Mas pelo modo como os formatos mais curtos do críquete (como o T10 e o T20) forçaram os rebatedores a aumentar sua variedade de tacadas, não se surpreenda se mais modificações surgirem na regra do LBW.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *