Um rebatedor pode marcar 5 corridas?

O campo de críquete tem duas pontas. Em cada ponta, uma sinalização, a crease, é desenhada. Essa sinalização serve a muitos propósitos. O rebatedor enfrentando o arremessador é chamado de rebatedor atacante. Esse rebatedor pode escolher ficar dentro ou fora da sinalização. No entanto, do outro lado, ou o lado não atacante, o rebatedor deve ficar dentro da sinalização. 

No críquete, as corridas são marcadas após as rebatidas do rebatedor de três maneiras: 

  • Acertando a bola de modo que ela cruze diretamente as linhas limite (6 corridas concedidas) 
  • Acertando a bola de modo que ela quique pelo menos uma vez antes de cruzar as linhas limite (4 corridas concedidas) 
  • Acertando a bola e depois trocar as pontas no campo tocando o bastão dentro da sinalização (1 corrida concedida por cada vez em que os rebatedores trocam de pontas) 

O terceiro ponto naturalmente pode gerar uma questão na mente do leitor. Quantas corridas do tipo um rebatedor pode marcar simplesmente correndo entre os wickets? 

De acordo com o regulamento, não existe regras que ditem que os rebatedores não podem correr mais do que um certo número de vezes. Pela lógica, os rebatedores correm até que o fielder apanhe a bola e a arremesse de volta para o fielder que está perto das estacas. Isso porque se o rebatedor falhar em alcançar a sinalização antes que os fielders desloquem as estacas, ele será eliminado.

Correr entre os wickets para marcar pontos é o método mais comum de pontuar. Os rebatedores regularmente trocam de pontas uma ou duas vezes em uma bola para marcar um ponto simples (1 corrida) ou um duplo (2 corridas). Realizar três corridas é incomum, mas acontece. Marcar quatro corridas é ainda mais raro, mas ocasiões já ocorreram.

Os rebatedores certamente podem marcar 5 corridas. Mas isso só ocorreria como resultado de uma bola que foi rebatida e depois devolvida pelo fielder para o guardião do wicket. É aqui que o “overthrow” entra em cena. Digamos que um fielder arremesse a bola visando o fielder perto das estacas. No entanto, ele erra e a bola viaja e cruza o campo na direção oposta. Isso significa que a bola ainda está em jogo. Os rebatedores ainda podem trocar de pontas até que outro fielder apanhe a bola perdida e a arremesse de volta para o fielder perto das estacas. 

Digamos que, num caso raro, os rebatedores trocaram suas pontas correndo entre os wickets três vezes. O fielder apanha a bola, mas erra ao direcioná-la para o fielder perto das estacas, de modo a resultar num overthrow. O rebatedor aproveita a oportunidade para correr mais duas vezes até que o fielder apanhe a bola e a direcione de volta para as estacas. É assim que um rebatedor marca cinco pontos simplesmente correndo entre os wickets. A análise das 3 corridas e das 2 resultantes do overthrow também pode ser calculada num modelo 4+1, 2+3 e 1+4. 

Sendo assim, um rebatedor pode marcar cinco corridas e, se a sorte persistir, ainda mais corridas simplesmente correndo entre os wickets.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *